Procedimento estético deixa queimaduras de 2° grau em modelo

Foto: Reprodução

Amodelo Laura Cavalcante, 23 anos, utilizou seu perfil no Instagram para denunciar uma clínica de Maceió. De acordo com a jovem, um procedimento estético realizado no local teria resultado em queimaduras de segundo grau.

Laura, que trabalha como modelo e surfista, contou que foi convidada pela equipe de marketing da clínica para fazer o procedimento de fotodepilação e divulgá-lo em suas redes sociais. Segundo a modelo, ela foi ao local antes para fazer uma avaliação da parte posterior da coxa e clareamento de uma zona escurecida na região da virilha.

Dias depois, a jovem voltou ao local para fazer a fotodepilação, mas encontrou uma profissional diferente da que fez o primeiro atendimento. “A única pergunta que ela fez foi se eu tinha me depilado e eu disse que sim, ela passou a mão e disse que ainda tinha uns pelos crescidos, mas que não tinha problema”, disse Laura ao G1.

Assim que a sessão começou, ela sentiu muita dor, mas garantiram que era um sintoma comum. “Comecei a tremer, aí chamara outra profissional e nada resolvia”, descreveu. Ela foi parar no hospital, onde diagnosticaram que se tratava de queimadura de segundo grau.

A modelo não quer divulgar o nome da clínica, pois há um inquérito em andamento. Por conta das lesões, o processo de regeneração da pele dela deve durar até dois anos e ela não poderá tomar sol no local.
Procedimento estético deixa queimaduras de 2° grau em modelo Procedimento estético deixa queimaduras de 2° grau em modelo Reviewed by Redação on setembro 09, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.