Responsável por 30 homicídios é morto em confronto com a PM em Alagoinhas

Foto: Reprodução
O traficante e responsável por cerca de 30 homicídios Wedson Jonhson Schimanki Alves, de 19 anos, morreu na manhã deste sábado (17/8) em confronto com policiais militares em Alagoinhas, a 122 quilômetros de Salvador.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Wedson, que era alvo prioritário do órgão, estava escondido na cidade de Alagoinhas junto com o comparsa Luan Tiago Santos Damasceno.

Após denúncia anônima e ações de inteligência da 17ª Delegacia Territorial (DT/Madre de Deus), guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Litoral Norte (LN) encontraram a dupla na Rua 21 de Setembro. Ao perceberem a aproximação dos agentes, os criminosos iniciaram os disparos. Na troca de tiros, os dois foram atingidos e não resistiram.

 Foto: Divulgação | SSP
Com a dupla foram apreendidos dois revólveres calibre 38, munições, dois tabletes de maconha, 58 trouxas da mesma erva, uma balança, R$ 15 em espécie e um documento falso com nome de Lucas que era usado por Johnson. O caso foi registrado no Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Alagoinhas.

 Foto: Divulgação | SSP
Wedson cometeu seu primeiro assassinato com 13 anos de idade. Ele chegou a ficar em um centro de recuperação para adolescentes e quando saiu assumiu a liderança em uma facção. O criminoso postava fotos armado nas redes sociais e recentemente ironizou, na web, a notícia de 1 ano sem homicídios na cidade de Madre de Deus.

Em uma postagem da Prefeitura sobre o período sem mortes, Jonhson comentou: "1 ano é msm?", e incluiu emojis de óculos escuros.

Do Aratu On
Responsável por 30 homicídios é morto em confronto com a PM em Alagoinhas Responsável por 30 homicídios é morto em confronto com a PM em Alagoinhas Reviewed by Redação on agosto 17, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.