Suposto hacker de Moro e Dallagnol é filiado ao DEM e apoia o #LulaLivre, diz site

Foto: Reprodução
Um dos quatro presos na operação da Polícia Federal (PF), suspeitos de ser o responsável pelo suposto ataque hacker ao celular do ex-ministro Sérgio Moro é filiado ao DEM e defende "#LulaLivre" no perfil do Twitter. Walter Delgatti Neto foi preso e condenado por receptação, falsificação de documentos e porte ilegal de arma, segundo informa o site O Antagonista.

O portal diz ainda que Delgatti é filiado ao DEM de Araraquara, além de ser investigado por vários crimes de estelionato e foi detido em 2015 com uma carteira falsa de delegado de polícia. Em junho deste ano, no Twitter, ele retuitou uma postagem a favor de Dilma com a hashtag "LulaLivre".

Na noite desta terça-feira (23), a PF deflagrou a operação para investigar os supostos ataques ao celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e do procurador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol. Segundo a PF, quatro pessoas foram presas.

Do Radar da Bahia
Suposto hacker de Moro e Dallagnol é filiado ao DEM e apoia o #LulaLivre, diz site Suposto hacker de Moro e Dallagnol é filiado ao DEM e apoia o #LulaLivre, diz site Reviewed by Portal NA on julho 24, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.