Mulher é presa por vender duas vezes o mesmo imóvel na Paralela; uma das vítimas pagou R$ 170 mil

Foto: divulgação/Polícia Civil
Uma corretora de imóveis está sendo investigada pela polícia por vender o mesmo apartamento para mais de uma pessoa, além de emitir e usar documentos falsos. Lindinalva Souza de Andrade foi indiciada pelo titular da 10ª Delegacia Territorial (DT/Pau da Lima), Antônio Fernando Soares, segundo informou a Polícia Civil nesta quarta-feira (24/7).

A corretora, que já responde na unidade policial a dois inquéritos pelos crimes citados, vendeu para duas pessoas um mesmo imóvel, localizado na Avenida Paralela. As vítimas contaram ao delegado que pagaram as quantias de R$ 165 mil e R$ 170 mil na compra do imóvel. Lindinalva terá a prisão preventiva solicitada à Justiça.

De acordo com Antônio Fernando, desde o início de junho que vítimas do golpe registraram ocorrência. Um dos inquéritos investiga a venda de um imóvel no valor de R$ 360 mil, onde a corretora emitiu um documento de transferência falsa do antigo proprietário.

Todos os valores eram depositados na conta corrente de Lindinalva. Ela foi localizada por investigadores da 10ª DT, nas proximidades de uma agência bancária, na Avenida Antônio Carlos Magalhães, após denúncia de uma vítima.

Conduzida à unidade policial, a corretora confessou o estelionato, mas alegou que o dinheiro adquirido com a venda dos imóveis seria para ajudar um casal de amigos. "Com relação à acusação de documento falso, ela alegou que pagou R$ 1,5 mil a um despachante, para a aquisição da escritura", explicou o delegado.

Depois de prestar depoimento, a mulher foi liberada. Um exame pericial grafotécnico, que analisa a grafia das assinaturas e outros tipos de escrita manual, identificadas nos documentos emitidos pela corretora, também será solicitado.

O delegado explicou ainda entrou em contato com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), onde existem três representações de vítimas de Lindinalva. "Tomamos conhecimento também de que a corretora está suspensa pelo Conselho", ressaltou.

Do Aratu On
Mulher é presa por vender duas vezes o mesmo imóvel na Paralela; uma das vítimas pagou R$ 170 mil Mulher é presa por vender duas vezes o mesmo imóvel na Paralela; uma das vítimas pagou R$ 170 mil Reviewed by Portal NA on julho 24, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.