Padrasto alega que matou enteado por término de relacionamento

Foto: Reprodução/SSP-BA
O padrasto de Walter de Jesus Santos, 7 anos, alegou que assassinou o garoto devido ao fim do relacionamento com a mãe da criança. Celso Pereira Bispo, 42 anos, também responde por outro homicídio, contra uma mulher, no município de Muritiba, cometido em 2012.

O garoto sumiu no dia 22 de janeiro e foi encontrado cerca de 24 horas depois, enterrado, em um terreno, na cidade de Salinas da Margarida. Após depoimentos, equipes das Delegacias Territoriais (DTs) de Salinas e de Itaparica ouviram testemunhas e apontaram Celso como principal suspeito.

"Solicitamos a prisão temporária e durante depoimentos ele confessou ter matado por raiva do término do relacionamento com a mãe da criança", contou Guimarães. O delegado explicou ainda que existem indícios de violência sexual, mas que espera o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para comprovação da suspeita e divulgação da causa da morte.

Do Radar da Bahia
Padrasto alega que matou enteado por término de relacionamento Padrasto alega que matou enteado por término de relacionamento Reviewed by Portal NA on janeiro 29, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.